Por: Simone Figueira

Talvez o grande objetivo de qualquer empresa seja a fidelização de seus clientes, independentemente do setor de atuação, certo? Isso, claro, calcada na confiança de um bom trabalho, além de bons feedbacks. Mais do que isso, a maioria busca uma relação humana, única e personalizada. A grande questão nisso tudo é: como estreitar esses laços com seus clientes e construir relações duradouras?

Nós sabemos bem como o modus operandi de se relacionar com nossos clientes mudou. O novo consumidor deseja ter uma relação com seus prestadores de serviços flexível, em que ele seja o foco e o grande agente decisor do jeito de se relacionar.

E, quando falamos nisso – em colocar o cliente no centro das atenções e personalizar o atendimento, humanizando-o – podemos muito bem pensar na importância dos recursos tecnológicos. Sim, porque, apesar de haver certo pensamento que a tecnologia esfria as relações, que ela nos distancia, creio que, se soubermos usar em nosso benefício só teremos a ganhar.


Por Alex Mariano

A base de qualquer relacionamento é a confiança, certo? E isso tem que vir desde o começo, na paquera, no primeiro encontro. Conversa vai, conversa vem, o tempo passa, a confiança é conquistada e a relação pode seguir tranquila e feliz. Mas, e se você descobre alguns segredos indesejáveis? Aqueles obscuros, que fariam toda a diferença na hora de dizer o “sim”? Aí a relação e a confiança podem começar a ruir, e as coisas podem não ser mais as mesmas…

Parece que estou falando de um namoro ou casamento, de uma traição, mas pode muito bem ser a contratação do CRM para a sua empresa. Você sabe muito bem o que te falaram – afinal você confiou neles – sobre a plataforma contratada e os recursos, mas já parou para pensar sobre o que não te contaram? Já refletiu sobre o que deixaram de te contar sobre a sua solução de CRM? É disso que quero falar. E te alertar.

 

Segredo #1: Chaves velhas não abrem novas portas

Como se destacar e ser diferente se você continua a fazer as mesmas coisas? Como é possível criar relações com o novo perfil de consumidor se o seu CRM está baseado no perfil antigo de cliente? As soluções de antigamente só poderão te levar para os mesmos lugares de antes.


Por: Simone Figueira

No início do mês de maio eu tive uma experiência muito interessante e que gostaria de compartilhar com vocês. Fui convidada a participar de um curso na ESPM, que abordou a questão da gestão de relacionamento com o cliente, baseado no atual modelo de CRM e no CRM chamado 2.0, que vou explicar no decorrer do texto.

O curso, ministrado pelo prof. Ricardo Haas Tarabay promoveu alguns insights que trazem à luz caminhos a serem seguidos quando falamos em construir relacionamentos duradouros e assertivos com nossos clientes. Isso, para quem trabalha com marketing é essencial, não é mesmo?

Um desses principais caminhos, posso dizer com toda segurança é o uso da tecnologia. Hoje, no marketing é impossível desassociar o uso de recursos tecnológicos com o sucesso e bons resultados. Por isso o termo usado no começo: CRM 2.0, afinal estamos conectados e isso faz toda a diferença se quisermos criar e manter relações com os clientes.


Com um olhar velho só é possível enxergamos coisas velhas. É preciso se habituar e se adaptar às tendências do mercado e, principalmente ao novo perfil de consumidor, quando falamos de relacionamento com seu cliente e sua experiência. Por isso o que pergunto é: você está pronto para novo perfil de cliente? E sua empresa, ela está pronta para o novo modelo de CRM?

Acredito que a nossa missão é quebrar os paradigmas na questão do relacionamento com os clientes, sempre com o intuito de melhor atendê-lo. Por isso mesmo venho aqui pontuar as diferenças entre esse consumidor do passado recente e o atual consumidor.

Diferente do que ocorria no passado, quando a falta de opções no mercado muitas vezes acabava fidelizando o cliente a uma determinada empresa ou marca, meio por osmose, hoje esse mesmo possível comprador, com tantas opções no mercado, não se prende a ninguém que não oferece um serviço de qualidade com atendimento personalizado. Por isso deve-se criar um jeito para sobressair e conquistar a cada dia o cliente.


Imagine a seguinte situação: você precisa de um novo plano de saúde e está avaliando as opções no mercado. Mas na hora de contratar enxerga que não há problemas em escolher aquele plano mais básico e comum, o que todo mundo tem. Você apenas quer ter a segurança que, no momento em que precisar poderá usufruir.

Mas de repente… você quebra a perna e precisa realizar um procedimento cirúrgico complexo, como uma prótese, por exemplo. Ao ligar para o convenio você é informado que o seu plano não cobre este tipo de procedimento. E agora, o que fazer?


Fonte: ClienteSA

Um antigo conhecido do mercado vai aparecer com muita força em 2017. Segundo Gartner e Forrester, o CRM será a solução de negócios líder no mundo, esse ano, superando, inclusive, o ERP. Essa também é a grande aposta do vice-presidente de vendas da SugarCRM, Enrique Perezyera, como deixou claro em entrevista exclusiva ao portal ClienteSA. Ele vê nessa tendência uma resposta às transformações do mercado, que precisa conquistar e reter o cliente exigente, informado e multiconectado dos dias de hoje. “Dado o poder do cliente, as empresas serão forçadas a medir e quantificar o custo do serviço de má qualidade, bem como o valor da experiência do cliente em taxas de conversão de vendas, retenção, fidelização e promoção da marca. A experiência do cliente será, sem dúvida, o principal diferenciador para negócios de sucesso”, comenta.


Com a parceria estratégica entre SugarCRM e Collab, a iTFUTURE passou a incorporar em seu portfólio de serviços, a integração com a plataforma OneContact CC da Collab.

Em sua passagem pelo Brasil, Pedro Rodrigues, CEO da Collab, visitou a sede da iTFUTURE e ratificou a intensão de ampliar investimentos na operação Brasil e LATAM.

Parceria SugarCRM e Collab

A SugarCRM, multinacional de solução de CRM (Customer Relationship Management), acaba de fechar uma parceria exclusiva com a Collab, empresa portuguesa focada no desenvolvimento de soluções de Contact Centers. O intuito da aliança é promover a evolução das ferramentas, garantindo uma tecnologia integrada e ainda mais eficaz no apoio às relações comerciais dos seus clientes.


Fazer com que a equipe de vendas da empresa converse com as pessoas que tomam a decisão de compra nos clientes, mantenha-se informada sobre as novidades e estratégia de negócios dos segmentos nos quais esses clientes atuam e construam uma relação de confiança com eles não são tarefas fáceis. Por isso, o LinkedIn pensou em integrar informações desse tipo disponíveis na rede com as aplicações que os vendedores usam todos os dias – o e-mail e o CRM. Inicialmente, o próprio LinkedIn desenvolveu a integração com CRM da Salesforce e, em seguida, com o Microsoft Dynamics. Agora, anuncia a liberação de uma API que permitirá aos usuários da ferramenta Sales Navigator integrá-la também com soluções de CRM da SAP Hybris, Oracle, NetSuite, SugarCRM e HubSpot através do CRM Partner Program.


Fidelizar novos consumidores e manter satisfeitos aqueles que já fazem parte da carteira tornou-se parte importante da estratégia e dos objetivos de qualquer companhia. Mas, em algumas delas, essa prática teve início muito antes da crise econômica pela qual passa o Brasil. “Implementamos o software da SugarCRM na versão Open em 2002 para toda nossa frente comercial, que, na ocasião, contava com 200 usuários focados em vendas”, conta Cristiano Paulino, coordenador de relacionamento da Solaris, empresa especializada na locação e vendas de equipamentos e serviços para construção. O projeto foi executado por meio do parceiro iTFUTURE, que cuidou da implementação.

Ele revela que, há quatro anos, a empresa passou por um processo de aquisição e precisou profissionalizar ainda mais alguns processos, inclusive o CRM. “Realizamos diversas pesquisas no mercado e percebemos que a ferramenta da Sugar atendia da melhor maneira nossas necessidades”. Dessa forma, foi realizada uma migração completa para a versão mais atualizada da Sugar com objetivo de utilizar um sistema totalmente integrado, sincronizando informações no ciclo completo de vendas, marketing e relacionamento com o cliente.

Cristiano explica que a ferramenta passou a funcionar de forma integrada com o sistema de gestão da companhia (ERP), utilizando o software para todos os contatos com o cliente. “Para exemplificar, o consumidor que liga no 0800 para cotar um serviço ou tirar uma dúvida é imediatamente cadastrado no Sugar. O mesmo ocorre se o contato for pelo site. Com as informações cadastradas, o comprador em potencial passa a virar um lead, já que tem seus dados armazenados em uma conta no sistema”. “Essas interações podem não resultarem um negócio imediato, mas, sim, futuramente”, explica.


Periodicamente nós publicamos conteúdos relacionados a CRM, VENDAS e EMPREENDEDORISMO. #ithacks são nossos conteúdos em vídeo e posts que ensinam a fazer determinados procedimentos nas ferramentas que trabalhamos.

No #ithacks de hoje, Guilherme Gomes, um dos nossos desenvolvedores SugarCRM, mostrará como configurar Dashlets no SugarCRM.

Se quiser continuar a receber nosso conteúdo, cadastre seu e-mail em ao lado. Também poderá seguir o nosso canal no Youtube ou curtir a nossa Fanpage no Facebook.

 

1 2 3 7