Contratação de CRM: perigos ocultos e como evitá-los

Imagine a seguinte situação: você precisa de um novo plano de saúde e

Imagine a seguinte situação: você precisa de um novo plano de saúde e está avaliando as opções no mercado. Mas na hora de contratar enxerga que não há problemas em escolher aquele plano mais básico e comum, o que todo mundo tem. Você apenas quer ter a segurança que, no momento em que precisar poderá usufruir.

Mas de repente… você quebra a perna e precisa realizar um procedimento cirúrgico complexo, como uma prótese, por exemplo. Ao ligar para o convenio você é informado que o seu plano não cobre este tipo de procedimento. E agora, o que fazer?

Onde quero chegar

Assim também acontece com a saúde financeira de diversas empresas. Muitas delas ainda se deparam com os famosos – e tenebrosos – custos ocultos na contratação de soluções para CRM, por exemplo, que no final influenciam diretamente no TCO, ou custo total de propriedade, em português.

Alguns fornecedores de CRM, por exemplo, cobram uma taxa – além da mensalidade ou anuidade – por chamada de API (Application Programming Interface) para integrar o serviço de CRM contratado a outros sistemas, como um sistema legado ou ERP. E, cá entre nós, sabemos quanto isso é comum em nossa rotina, não é mesmo? Afinal toda hora nos deparamos com a situação de “importar” os dados do cliente para o atual CRM.

Outras empresas que entregam soluções em CRM costumam aumentar a conta do contratante quando este necessita acessar o CRM off-line em dispositivos móveis. É comum entre diversos fornecedores ter que contratar terceiros para prover esse tipo de serviço aliado à demanda da empresa que contratou a plataforma – uma vez que a empresa fornecedora não possui esse recurso off-line nativo em seu aplicativo mobile.

Mais um exemplo de custos ocultos praticados por algumas empresas é o caso de algumas plataformas possuírem a tecnologia proprietária, fechada, bem específica e restrita. É necessário (quando esta é a realidade) contratar um profissional com skill custoso para operá-la, o que significa mais um gasto para a sua empresa. Já em tecnologias abertas, isso não acontece, pois, a oferta de profissionais que dominam esta tecnologia é mais abundante. O projeto pode ficar até 40% mais barato em comparação as outras!

Problemas evidenciados, custos ocultos revelados, você deve estar se perguntando: como evitar esse prejuízo e a dor de cabeça? E eu te respondo:

 

Planejamento!

Tudo passa, primeiramente, pela sua lição de casa. A atenção e cuidado devem estar aliados a um bom planejamento de tudo que envolve a contratação de um CRM, ou seja, você deve saber muito bem o que precisa e o que pode ser interessante e estratégico para os planos da sua empresa.

Eu sei que, à primeira vista, a formação dos preços de CRM parece a mesma – cuidado nas linhas finas do contrato! -, mas aí voltamos ao TCO: aqui a história pode ser completamente diferente. E é onde mora o perigo.

O que você precisa, de verdade, é de uma solução que atenda às suas reais necessidades e demandas. Uma plataforma inteligente que seja estratégica e se adeque ao perfil da sua empresa, passando a confiança necessária para você seguir o trabalho tranquilamente. Você precisa, acima de tudo, de um parceiro que seja transparente desde o início, que mostre que o valor a ser pago é aquele contratado, o que você está vendo. Sem segredos, sem custos ocultos. E assim, consequentemente, sem dores de cabeça e sem prejuízo a você e sua empresa.

 

Comentários

Comentários