Linkedin SugarCRM

LinkedIn lança API para integração de CRMs com a ferramenta Sales Navigator

Com o API, o LinkedIn objetiva, além de aumentar o ROI feito no Sales Navigator, tornar os times

Fazer com que a equipe de vendas da empresa converse com as pessoas que tomam a decisão de compra nos clientes, mantenha-se informada sobre as novidades e estratégia de negócios dos segmentos nos quais esses clientes atuam e construa uma relação de confiança com eles não são tarefas fáceis.

Por isso, o LinkedIn pensou em integrar informações desse tipo disponíveis na rede com as aplicações que os vendedores usam todos os dias — o e-mail e o CRM. Inicialmente, o próprio LinkedIn desenvolveu a integração com CRM da Salesforce e, em seguida, com o Microsoft Dynamics. Agora, anuncia a liberação de uma API que permitirá aos usuários da ferramenta Sales Navigator integrá-la também com outras soluções de CRM. A exemplo da SAP Hybris, Oracle, NetSuite, SugarCRM e HubSpot através do CRM Partner Program.

Para que serve?

“A intenção é tornar os times de vendas dos nossos clientes mais eficientes e produtivos. Dando-lhes a possibilidade de usufruir mais facilmente das nossas ferramentas de Social Selling”, afirma Miguel Assaf, diretor da área de Soluções de Vendas do LinkedIn Brasil.

Além de, lógico, ajudá-los a aumentar o ROI feito no Sales Navigator.

Segundo Assaf, a integração se dá através de widgets. Eles possuem informações do LinkedIn, que se somam à página do CRM utilizado pelo cliente na nuvem. “São blocos que se somam. Nenhuma informação é extraída do LinkedIn. Todas as informações permanecem na nossa rede. Apenas são apresentadas na tela do CRM já integrado”, comenta o executivo.

O que ainda está por vir?

Futuramente, o LinkedIn permitirá a gravação de informações geradas a partir dos contatos estabelecidos através da rede nos CRMs dos parceiros. “Todo vendedor precisa fazer um relatório de cada contato com o cliente. O que pretendemos fazer é automatizar esse processo de registro de atividade se o contato tiver sido estabelecidos através da plataforma de e-mail do LinkedIn”, explica Assaf.

A disponibilidade da integração com os atuais parceiros do CRM Partner Program dependerá da agilidade de cada um deles no desenvolvimento dessa integração. “No caso do Salesforce e da Microsoft, a integração foi feita por nós, do LinkedIn. Porque são os produtos mais usados por nossa base de usuários”, diz o executivo. Lembrando que a API estará disponível, em breve, para outros fornecedores de CRM em todo o mundo.

 

Fonte: CIO.com.br

Autora: Cristina de Luca